RAPichaSOM

Digite o quê você procura.

quarta-feira, 19 de dezembro de 2007

Entrevista com DISK 153

Hoje o blog vai descer até o sul do país, pra conhecer a cena do xarpi gaucho....
ou você pensou que só no Rio de Janeiro e São Paulo que tinha pichador?
om vocês...

1 – Qual seu xarpi?
DISK

2 - Começou a colocar nome quando?
Em 2005, meu início na pichação foi derrepente, até por quê não me motivava, não tinha razões para pichar, sempre me dei com pichadores, grafiteiros etc, antes eu lançava PIG IAPI, depois mudei para DISK 153, em função do governo municipal de Porto Alegre ter criado o DISK PICHAÇÃO que óbviamente é disk 153, criei um tipo de ironia para isso e comecei a largar nas paredes.

3 - O que te levou a entrar no xarpi?
Muita observação às outras pichações, eu achava um tanto impossível o que os outros faziam e altos de prédios e marquizes, eu olhava e me deparava com outro mundo, algo fora do meu alcance de alguma forma, por isso comecei a riscar, a minha idéia inicial era de ter fama, mas vi que esse não era o caminho, não é assim, ibope é coisa para fracos, eu queria mais, eu queria protestar, esculaxar, de alguma forma e então comecei assim. Hoje em dia é moda você criar um bonde e sair pichando por ai, mas é passageiro, bonde é coisa de fracos, um dia eles acabam ou tomam conciência, é moda qualquer um sair na rua e pichar hoje, por isso as pessoas tem que olhar mais além, quem anda nesse mundo ver quem é verdadeiro e quem quer ibope, antigamente eu “pagava um pau” para os maiores pichadores da minha época, mas tomei consciência e vi que eu tinha que fazer a minha, e assim comecei.

4 – Por que você resolveu colocar esse nome? Algum motivo especial
Como eu disse, aqui em POA existe o disk 153 para pichação, então ironizei isto, resolvi que era hora de virar o feitiço deles contra o feiticeiro, isso não vai afetar em nada, não vai revolucionar, mais com certeza deixará o governo muito puto da cara.

5 - Tem algum parceiro? Alguém com quem você gosta de pichar junto?
Po, todos os irmãos, muitos aliados, manos de fé mesmo, realmente não vou citar nomes, mas vou mandar um salve pra o mano da GNEXT, dos RAROS, a rapa aqui da vila do iapi, o mano da EVL e por ai vai, uns manos que começaram comigo e tão ai até hoje junto.

6 – qual tua sigla? O que significa?
DISK’’ – disk 153

7 - Já colocou outras siglas? Quais?
Antigamente eu largava JPR, sigla do meu nome, depois larguei meu apelido – PIG e hoje DISK.

8 – O quê você mais gosta de pegar?
Muita mulher, “o massa”, respeito claro, muito portão de ferro e murinho branco, prédio e marquize!!

9 - Quem você admira no xarpi? - Quais os nomes.?
Po mano, sem querer pagar um pau, que não é meu estilo, mais respondendo a pergunta, vou citar os manos que realmente... Foi a fonte de inspiração pra toda essa correria, RISKOS, DANO, IT.D.R, EVL, VIROS, CAVER?, ADUPLA, e claro, o grande TONIOLO, o revolucionário da pichação no RS!

10 - O que você acha dessa era xarpi digital?
Ta realmente ótimo, por que você vai lá risca um prédio, tem a oportuna te tirar a foto, os manos que não viram veem e quem sabe passam pelo local e dizem, “eu vi a foto desse trampo”, é realmente um avanço.

11 - Qual época era mais fácil pra xarpi? 80-90 ou 2000 (Resposta opcional)
Olha, comecei em 2005, e já era sussegado, por que vou lhes dizer, antigamente, o governo do RS principalmente a prefeitura de Porto Alegre, não da muita bola para pichação, mas hoje, eles viram que deram mole demais e tão em cima agora. Literalmente, “deram mole, se fuderam!”.

12 - Qual a melhor parada que tu ja pegou?
Cara, tive uns altos sim, mas busquei uma padaria e tava com muita tinta, e com um cabo de pintor também, arregacei ela, de cima a baixo, ponta a ponta, marquize e topo. Pena que pintaram e reformaram ela, na época não tinha essa de camera digital, então não tirei foto, eu so do tempo que tu riscava teu nome, e só viam na rua, não na internet.

13 - Ja passou muito perrengue? Cite um.
Me fudi riscando na cara dura do lado de uma boca, os manos entraram no carro com um ferro e sairam dando tiro nos correndo até o outro bairro até eu me esconder, ja me fudi de tudo que foi jeito, tive que pular marquize de 4 metros ja pra não ser pego, sair na mão com 3 ao mesmo tempo de madrugada, correr as vezes uma avenida inteira dos caras. É foda, mais é aquela velha frase, “TÁ NA CHUVA, É PRA SE MOLHAR”.

14 - Qual foi a pior rodada?
Apanhei dos Home, e rodei pro deca por causa disso, mais nem foi tão sério, só cai essa vez, graças a deus.

15 - Depois dessa história triste, conte qual foi a melhor saída?
Não foi tão triste assim, da pra se chamar de susto.

16 – Se arrepende de ser ou ter sido pichador? Por que?
Não, realmente não, uma vez joguei todas as minhas tintas fora por causa que quase morri por causa de pichação, mas depois refleti, e pensei: “é uma coisa que eu gosto de fazer, imagina que se não valesse apena, o brasil não ganharia 5 copas só por que passou dificuldade e acho que não sairia orgulhoso, o rap nacional não se revolucionária por que teria preconceito, os negros não lutariam contra o aparthaid por que sofreriam, então, um dia essa merda toda vai ter uma reconpensa.” É uma maneira meio estranha de pensar, mas é assim mesmo.

17 - O que a pichação te deu?
Muitas histórias fodas, lições, e esperteza de sobra.

18 - O que a pichação te tirou?
Camisas manchadas, tênis roubados em um bret, boné perdido e por aí vai.

19 – Quase esqueci de perguntar, você é de que área?
VILA DO IAPI, Zona Norte de Porto Alegre.

20 – Já morou em outras? Quais?
Nunca, me criei nessa vila, é o brooklyn, não saio daqui de jeito nenhum, e tenho orgulho de ser dela.

A tinta da entrevista está acabando, então vamos a um pá e bola.

21- Qual teu time?
Internacional

22 – Ouve que tipo de som?
Muito rap nacional ligando, Racionais, Mv Bill, Sabotage, Detentos do Rap, Realidade Cruel, Facção Central, A Fámilia, GOG, DBS e a Quadrilha, Ndee Naldinho, Ao Cubo, RZO e por ai... Muito Hip Hop americano, 50 Cent, Chamillionaire, Cypress Hill, Muito do mestre Tupac, Muito Bone Thugs n Harmony e por ai vai. E claro alguns funks das antigas, Mc Marcinho, Cidinho e Doca e por ai, não curto funk putaria por que é só moda, ela passa.

23 - Algum filme? Qual, quais?
Bá, agora me deu um branco, mais muitos de ação e de lições

24 - E livro? Qual, quais?
Não curto ler.

25 – Tem profissão? Qual? (Resposta opcional)
Estudo, e trampo com bicos de grafite. Futuramente pretendo trampar com computação e fazer tatuagem, mas nunca deixando de lado a pichação.

26 - Como você viu esse boom da pichação de uns anos pra cá?
Poo, preciso de resposta pra tua pergunta.

27 – Se seu filho (caso tenha) fosse pichador, o que você faria?
Muito arriscado, não gostaria que ele tomasse o mesmo rumo que eu, pois é muito sacana, muito polícial e muito filho da puta na madruga. Tu tem que ser mais ligeiro que eles, então, só eu me garanto, meu filho (se eu tiver)... eu não sei. É aquela velha frase: “FAÇA O QUE EU DIGO, NÃO FAÇA O QUE EU FAÇO”.

28 – O que tá achando da entrevista?
Realmente, uma grande oportunidade de eu opinar e trocar essa idéia representando a minha àrea e o RS.

29 - O que você diria para os que estão começando agora?
Pichação é levada a sério, não trate como brincadeira, por que você corre inumeros riscos, na madruga é loko, é outro mundo. Então, se é isso que você quer pra você, pense duas vezes, por que é aquilo, pichador não para, dá um tempo, isso é quinem uma gripe, você pode não tela por 1 ano, mas a qualquer momento pode voltar... E a sua vida vale mais que uma lata de spray, então, não a ponha a frente de outras coisas mais importantes.

30 – deixe um recado pra quem estiver lendo sua entrevista
Obrigado por ter pasciencia pra ler esse depoimento. Faze o que né...

Eu é que agradeço, por você ter disposto do seu tempo, pra responder essas perguntas, e agradecer também ao NED, que fez a ponte entre a gente.
Próxima entrevista será com SECK

6 comentários:

Anônimo disse...

Bem legal essa entrevista tb. Tente contato com pichadores de Minas tb... lá tinha um tal de morcego que reinava no minerão... sempre que passava jogo de lá... aparecia o tal do morcego....

Abração Nuno

Admirador da Arte

Anônimo disse...

http://graffiti76.com/entrevista_12.htm

Dá uma olhada nesta entrevista...

ADmirador..

geraldo disse...

EU NOS ADUPLA DE PORTO ALEGREE

http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=8464572069107326591

abraço a todos
pazz bomfim 2008

Anônimo disse...

EU NOS ADUPLA DE PORTO ALEGREE

http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=8464572069107326591

abraço a todos
pazz bomfim 2008

Anônimo disse...

Com tantos erros de ortografia...
Desisti no meio da entrevista.
Por favor.
Ser pichador não significa ser ignorante.

cafecomdudu disse...

Porto Alegre é foda irmão eu to ligado o Dano arregaça por lá.
O Toniolo nem se fala né irmãos.
A parada tem no Brasil inteiro foda-se quem duvida. Eu consegui ler e para você que escreveu ainda anonimamente vai se fode babaca.