RAPichaSOM

Digite o quê você procura.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Entrevista com DIO

Entrevistado de hoje é o meu patrão, quando comecei sempre via os nomes dele perto de minha casa, e quando o conheci, tive a honra de ser convocado para a sigla dele.
Com vocês:





0 - Qual seu xarpi?

Dio

1 – Começou a colocar nome em que ano?

Comecei em 1984, nessa época mandava Ace, mas como havia outro Ace em Copa, e na mesma sigla que eu a DS, mudei então para Dio.

2 - Lembra de algum fato macante nesse ano? (Política ou esporte por exemplo) alguma coisa que tenha te marcado?

A década de 80 num todo foi uma década maravilhosa, que quem a viveu se lembra dela até hoje, particularmente em 1984 só me lembro das Olimpíadas de Los Angeles.

3 - O quê te levou a entrar no xarpi?

Cara, o fato que me motivou a entrar nesse mundo foi um dia quando eu e o MAR (GE) voltávamos de um treino de futebol na escola (estudamos juntos no colégio São Paulo) eu o vi mandando um nome de big na parte traseira de um ônibus da linha 119, que estava parado no ponto final ali, e fiquei hipnotizado e tomado pela vontade de fazer aquilo também, comecei a buscar um nome para mandar, o primeiro que me veio a cabeça foi Black Panther (é mole?!) aí perguntei pro MAR o que ele achava desse nome, ele me disse: “ Na primeira vez que vc for mandar esse nome, vc roda antes de chegar ao meio dele”

4- O que a pichação representa pra você?

Atualmente apenas a decoração para tornar a cidade maravilhosa mais bonita ainda.

5 – Por que você resolveu colocar esse nome? Algum motivo?

Bem, Ace era o nome do guitarrista da banda Kiss, e qdo tive que trocar de nome, escolhi o nome do meu vocalista de Metal favorito na época, o seja de Ronnie James DIO, que nessa época tinha acabado de sair do Black Sabbath, e estava gravando seu primeiro cd com a sua banda, a banda Dio.

6 - Tem algum parceiro? Alguém com quem você gosta de pichar junto?

Tive dois grandes parceiros e amigos, sem dúvida, que foram o NOX (da primeira formação da DV, por volta de 85/86) e o ASS (na volta da DV, já em 1989)

7 – Qual tua sigla? (se tiver) O que significa?

Bem tenho grande orgulho de ter criado a sigla DV (Destruidores do Visual), que se tornou muito mas muito maior do que eu poderia imaginar, quaando a criei em 85/86 mas por brincadeira do que por qualquer outra coisa, inclusive outro dia estava conversando com meu grande amigo GRILO (GA) que conheceu a DV na época da criação, e ficava zoanda dizendo que significava demônios viados, mas que no fundo sempre se amarrou na sigla, tanto que tenho várias relíquias dele mandando GRILO DV, ainda com a caligrafia antiga

.

8 – Quem mais representa tua sigla? (outros integrantes)

Acho que uma vez DV sempre DV então cito primeiramente os caras que deram o pontapé inicial nessa história: NOX, ALA, AWA, IGO, IOIÔ e depois “o cara” que sem a menor sombra de dúvida foi o grande responsável pela transformação da DV no que é hoje “o capitão” NUNO, que foi quem transformou e mudou a história da sigla. Devo citar também o velho SOTY, os amigos ACME, TAG, PACA, SOPA, além de APE, D18, NATH até os mais recentes afiliados: DENTY E TADO.

9 - Já colocou outras siglas? Quais?

Sim comecei mandando DS (Drogados Solitários) uma sigla pequena do posto 6 e Copa; e quando morei em Brasília mandei ES (Esquadrão Silencioso) não quis mandar DV lá, porque na minha cabeça DV significava Rio de Janeiro..

10 – Gostaria de ter posto alguma outra? Do passado por exemplo?

Sim, a primeira sigla pela qual me apaixonei foi a VN (Vândalos Noturnos) do Moita, Atlas, Eddie e etc.; mas meu grande sonho era mandar GE (Grafites da Escuridão) do meu saudoso amigo MAR, cheguei a pedir a ele para entrar, mas ele ficou cheio de merda para liberar, queria 4 latas e tal, então deixei para lá, e graças a esse fato fui criar a minha sigla no caso a DV.

12 – O quê você mais gosta de pegar?

Quando eu estava na ativa, o que mais gostava de pegar era o paredão do corredor que havia entre o colégio Isa Prates (Pernalonga) e o parque Garota do Arpoador, no Arpoador; pois para mim aquele muro era quase que sagrado, voltava todo dia da escola por ali só pra ver os nomes, e praticamente todo mundo que vinha para a sul, deixava sua marca ali.

13 - Quem você admira no xarpi? Quais os nomes.?

Em primeiro lugar os amigos GRILO & NUNO, além dos incontestáveis VINGA, KIL, RIVAL (pra mim a caligrafia mais linda de todos os tempos) e atualmente KEL e FYT..

14- Fora esses, quem na atualidade tá de destacando na tua visão?

Atualmente para mim os grandes nomes são: ABRA, KADU, IGÃO, KEL, FYT e um outro que tenho acompanhado bastante a trajetória ascendente é o ARAK.

15– Qual a caligrafia mais criativa na tua opnião?

Cara, todo mundo diz que é um dos nomes mais feios da história, mas eu acho o SAR muito criativo, mas só dei esse crédito a ele quando o GRILO me explicou que ele fazia a cabeça de um dinosSAuRo em cima do nome, acho mto mto criativo, mas o engraçado é que na comunidade que criei no Orktu, a Charpi Rio de Janeiro, o SAR foi votado como um dos nomes mais feios da história; mas pra mim é o mais criativo de todos. Ah, outro que gostava bastante era do ÓCULOS, da g80, da Ilha do Governador achava mto manero tb (tenho foto do nome dele na minha pasta)

16 - Frequenta ou frequentou reuniões? Qual ou quais? Alguma preferida, por algum motivo?

A reunião que mais freqüentei, era uma que rolava lá na pista de skate do parque Garota do Arpoador, no Arpoador, onde sempre tinha gente lá mandando nome no bowl nas arquibancadas, foi onde conheci o NANO (GE), o GOGY e a galera da CK (Comando Killers) da Sá Ferreira.

17 - Qual a importância das reuniões pro xarpi?

São mais para trocar idéias, firmar parcerias, combinar ataques e principalmente trocar nomes (uma das coisas mais legais das réus)

18 - Faz ou já fez pasta? (Caderno, agenda, fichário, folhas) enfim coleciona nomes?

Claro, tenho uma pasta cheia de fotos de pichação desde lá os anos 80, e a minha pasta ficou famosa, graças ao GRILO que volta e meia aparecia lá em casa com alguém para conhecer minha pasta, um dia tive a honra de receber o grande TUFÃO em casa para ver minha pasta, ela anda meio bagunçada mas agora com o Charpi digital a estou enriquecendo com vários nomes da antiga,e aproveito o espaço para agradecer os nomes que o NUNO me arrumou na última visita que fiz a ele, valeu capitão!!!

19 - O quê você acha dessa era xarpi digital?

Acho MARAVILHOSO vc ter a oportunidade de conhecer pessoas que vc jamais conheceria, trocar idéias, histórias. Foi graças ao Charpi digital que conheci novos grandes amigos como: TUTI, LURI, CASO, LORD, SURF, ARAK e etc..


Comunidade Charpi Rio de Janeiro, criada pelo nosso entrevistado, uma das mais antigas na rede sobre o tema, com mais de 2300 participantes.

20 - Qual época era mais fácil pra xarpi? 80-90 ou 2000 (Resposta opcional)

Acho que nos começo dos anos 80 era mais tranqüilo, época de ARY E JAN, a pichação não era tão visada pela polícia, já que estava dando seus primeiros passos, era uma pichação mais romântica sem grandes excentricidades mas com a pista mais tranqüila tb.

21 - Qual a melhor parada que tu ja pegou?

Eu realizei meu sonho ao mandar meu nome no muro que falei entre o colégio Isa Prates e o Parque Garota do Arpoador.

22 – Na sua opinião, qual é o maior castigo pra um pichador?

Sem dúvida é perder a vida.

23 - Já passou muito perrengue? ( não chegar a rodar só passou perrengue)Cite um.

Claro que sim, engraçado quando estava começando a pichar a primeira coisa que um amigo disse foi: “mais cedo ou mais tarde vc vai rodar” e acho que não existe pichador que nunca tenha rodado. Tenho várias lembranças sobre isso, mas vou contar a última delas qdo resolvi me aposentar... Estava numa festa na casa do D18 em Ipanema, quando ele disse que um parceiro tinha trazido uma lata, então qdo vc ta possuído pelo vírus da tinta, falou em lata, vc não pensa em outra coisa a não ser mandar nome, então saímos de Ipanema em direção a Copa, como era só uma lata para três fomos nos revezando e quando acabasse voltaríamos para a festa, fomos caminhanho, mandei um nome no meu querido colégio São Paulo, pegamos o calçadão e resolvemos passar pelo corredor que já falei várias vezes entre o Isa Prates e o parque do Arpoador, fomos cada um mandou dois nomes e seguimos na direção da Francisco Otaviano, qdo estávamos chegando quase nela aparecem 3 guardinhas do parque e nos seguram, começam a nos revistar, eu estava com o birro (liberei enquanto ele revistava os outros) e o D18 com a lata, uma passagem hilária foi quando o guardinha encontrou a lata, o D18 olhou para a gente com um cara desesperado e mandou: “quem foi que colocou isso aqui?!” cara, se não estivéssemos no perrengue eu iria rir mto como estou fazendo agora hahaha, então os guardinhas nos levaram para dentro do parque, a minha grande preocupação era que eles achassem a minha carteira, já que na época já tinha 22 anos, e aí as coisas já começam a pegar, então enquanto eles nos levavam para dentro da sala dos guardinhas, rapidamente maloquei minha carteira num matinho já dentro do parque. Lá na salinha aquela rotina de sempre, terror psicológico, lição de moral, pegar nome dos pais, telefone e tal. A grande preocupação dos guardas era que tivéssemos pichado a pista de skate lá em cima no parque, a qual seria inaugurada no outro dia de manhã, então eles subiram com a gente até lá, fazendo o maior terror dizendo que se tivéssemos pichado lá, iriam nos levar de volta para a salinha, nos quebrar de porrada e depois entregar para a polícia, no meio do caminho o D18 virou para mim e falou: “Dio, eu to com medo!!” eu falei cara, fica tranqüilo pq não pegamos lá em cima, então não vai ter problema. Aí então chegamos na pista os guardinhas viram que não tínhamos pichado lá e nos liberaram, nos descemos e do parque saímos na praia do Arpoador, e cada um seguiu seu caminho, mas eu tinha que pegar a minha carteira de volta, até pq dentro dela tinha uma etiqueta (que comprovava o pagamento da mensalidade da faculdade) que eu precisaria colar na prova de estatística que eu teria no outro dia de manhã na faculdade, aí pensei: “ puta, e agora como é que eu vou fazer para voltar lá e pegar a carteira de volta. Então resolvi dar um tempo andando pelo calçadão e voltei para dentro do parque subindo pelo caminho tínhamos saído ali na praia do diabo, e para chegar no matinho teria que passar em frente a salinha dos guardas tanto para ir quanto para voltar; mas tinha que pegar a carteira de volta, então eu fui na ida, passei pela cabine tranqüilo, peguei minha carteira, botei no bolso e agora era só voltar pelo mesmo caminho e fim de pesadelo, então volto passo pela salinha dos guardas e quando estou quase respirando aliviado, ouço aquela voz: ei, ei, o meu irmão tu voltou aqui, ta querendo apanhar mesmo né?! (era o chefe dos guardas, o mesmo que tinha acabado de liberar a gente) aí pensei: e agora?! Então mandei: “não eu só voltei para agradecer aí a você pelo que vc fez pela gente, dizer que temos o maior respeito pelo trabalho de vcs, cara, eu apertei a mão do guarda e tudo...hahaha o cara ficou todo sem graça, apertou a minha mão, deu mais uma lição de moral, falou nos meus pais e tal...ai abriu o portão do parque para eu sair. Então voltando para casa, eu senti que realmente era a hora de parar Dvez, e depois desse dia nunca mais mandei um nome, isso foi em 1993, mas estou mto feliz pela minha decisão, tem uma hora que vc sente que é a hora de parar, e tem que parar e parei, mas tenho certeza que deixei a minha contribuição ao mundo do charpi.

24 - Qual foi a pior rodada?

A pior rodada foi em Brasília, cara lá a chapa é quente de verdade, tu vai pichar naquelas cidades satélites, é terra sem lei mesmo. Uma vez quase morri lá, mas essa história fica pra próxima entrevista...

25 - Depois dessa história triste, conte qual foi a melhor saída?

Foi uma que estávamos eu, ASS e SAF, foi no dia que conheci o SAF (em 1990), fomos de copa até o Leblon mandando nome, sem nenhum perrengue, conversando, subindo no coqueiro da praia pra pegar coco, foi um dia inesquecível.

26 – Se arrepende de ser ou ter sido pichador? Por que?

De forma alguma, eu só me arrependo das coisas que não fiz, como não ter mandado nome com o MAR (GE) e outros caras que sempre admirei como MOITA (VN), MORTE (DGL) LEY 14 (DGL), PORCO (GCN), SINO (GE)...

27 - O quê a pichação te deu?

Muitas histórias, mtas lembranças e mtas amizades tb.



28 - O que a pichação te tirou?

Apenas algumas horas de sono e a vida de muitos amigos.

29 – Quase esqueci de perguntar, você é de que área?

Quando estava na ativa morava em Copa.

30 – Já morou em outras? Quais?

Morei em Brasília.

32 - Como você viu esse boom da pichação de uns anos pra cá?

To achando mto legal poder ver nomes de mitos da antiga na ativa de novo como NADOS, RANES, FLODS, RUNK, FANY, STU, ACK, WEDA...

33 - Na sua opnião, qual ou quais os bairros mais pichados da cidade?

Centro.

34 - Se arrepende de ter posto nome em algum lugar?

Não. Me arrependo é de não ter posto nomes em vários lugares como no estádio do Maracanã, por exemplo.

As pessoas acham que pichador, acorda, come, bebe, respira, vive de tinta, então vamos mostrar um outro lado agora, lado da pessoa por tras da tinta.

01 – Qual tua idade

Cara, já to com 39

02 – Tem profissão? Qual?

Sou formado em publicidade mas trabalho com assessoria de imprensa.

03 - Qual teu time?

Time de guerreiros, FLUMINENSE FUTEBOL CLUBE

04 – Ouve que tipo de som?

Metal, Metal & Metal.

05 - Algum filme? Qual, quais?

Vários: Forrest Gump, Namorada de Aluguel, Alguém Muito Especial, Warriors –Selvagens da Noite, Clube dos Cinco, Curtindo A Vida Adoidado, Tootsie, Mad Max 2...

06- Se pichassem o seu muro, casa etc. O que você faria?

Cara, como moro no segundo andar minha janela é pichada, pena que são nomes que não gosto muito como PV (pra mim o nome mais feio da história), TEIA E MASOM, mas na parede do quarto de empregada tem nomes que me amarro KEL, CAIXA (2006) E FURACÃO. Se minha janela fosse pichada pelo VINGA, RIVAL, JONES, KIL OU TUFÃO não deixaria nunca ela ser pintada de novo hahaha

07 – Se seu filho (caso tenha) fosse pichador, o que você faria?

Meu filho sabe tudo que fiz, esteve na casa do Nuno, já ouvi várias histórias de pichação, se amarra na DV, viu todos os Dvídeos do Youtube, mas o lance dele é outro, são os carros, mas explicaria que a chapa hoje está mto, mto quente.

07 - Sua famíla sabe que você picha ou pichava!

Agora sim na época não.

08 – O que tá achando da entrevista?

Mto legal é um registro para a história, e pra quem não é da arte possa saber que temos algo além de tinta na cabeça e no sangue.

09 - O que você diria para os que estão começando agora

Que tenham mta disposição e cuidado triplicado.

10 – Deixe um recado pra quem estiver lendo sua entrevista

Um abraço a todos que ainda estão aí na ativa, deixando a cidade maravilhosa mais bonita ainda e DV saudações a todos!!!!

“DV mais que uma sigla, um sentimento” (Nuno).

7 comentários:

Anônimo disse...

MUITO BOA SUA ENTREVISTA ,TBM SOU DA ANTIGA 85..TINHA POUCOS NOMES MAIS CONHEÇO VRIOS DA ANTIGAS ,HAIR ,NADOS ,KALO ETC. SOU DA ROCINHA ..VLWWW

KIST GSM 85

leonardo disse...

Muita boa a sua entrevista, parabéns!!!!!!!!
Adoro entrevista assim com respostas bos, tem gente que so responde SIM ou NAO ai nao tem GRAÇA ALGUMA!

Smoke Ice disse...

Muito responsa hein!
Um salve aos verdadeiros.
Sorte na caminhada aê DIO.
E parabéns pra você NUNO, sempre fortalecendo a cena!

P.A.S.S

Paz
Amor
Saúde e
Sorte!

Anônimo disse...

muito boa a entrevista, ainda mais vindo do criador da DV.

vlw e fui



Admirador Visual

Anônimo disse...

Faço minhas as palavras do Leonardo! Eu também adoro entrevistas como a do DIO, com respostas inteligentes e interessantes, mostrando que ele realmente é um cara que viveu os Anos 80 e tem muitas (e ótimas!) histórias pra contar.

Eu detesto entrevistas com respostas monossilábicas, como as de algumas feras do passado que, com certeza, tinham muitas boas histórias pra contar e, na minha opnião, foram umas decepções.

Por tudo isso, parabéns ao DIO, pela ótima entrevista - o que já me deixou até na expectativa de uma
"Entrevista com DIO - Parte 2", e parabéns ao NUNO, pela iniciativa.

Aliás, acho que vc, NUNO, poderia colocar perguntas de cunho ainda mais pessoal, tipo: "O que vc mais admira e o que mais detesta dentro da tribo do xarpi?"; "Qual a sua opnião a respeito do que a sociedade pensa em relação ao xarpi?"; "O que vc jamais pixaria?" e etc.
Uma entrevista também é uma grande oportunidade pra expor opniões.
Fica como dica ao seu trabalho, que está sendo muito legal e inovador!

Grande abraço!

Sandrinho P8.

bruno disse...

aiii

essse mano0
é uma kra mto responsa

kra humilde paks.

DIO vleoo por me menciona
na entrevista

esse kra é uma pessoa

q nao tem como falar sobre ele nesse comentario pq oke eu tenhuu pra falar dele naoo vaii caber akii

mais eu vo deixar uma homenagem]

akii pra elee. resumindo em pokas palavras !

DIO MAIS Q UMA LENDA

UM MITO .

vleoo meu manO


paz e amor e mtaa saude


paz a todos

SURF..

Alecks disse...

Mto obrigado primeiramente por terem lido essa entrevista, e depois por todas as palavras carinhosas e elogiosas, só tenho mesmo é que agradecer a todos de deixar um gde DV saudações a todos.